Câmara De São Paulo Divulga Salários.


É ponto pacífico entre a sociedade de que o grande mal do nosso país é a corrupção, por onde, de forma escusa, escoa grande parcela da riqueza produzida em nosso país, contudo como disse a corrupção pressupões ato ilegal, desvio de recursos financeiros, má utilização do erário, mas sempre algo irregular, contrário a lei.
Agora ao que parece esquecemos do dinheiro desperdiçado ou mal empregado em atividades legais, embora imorais, digo desperdiçado por dois principais motivos, primeiro porque não temos na sua contrapartida a resposta proporcional aos gastos, e segundo porque bem sabemos que àqueles que percebem tais valores nem de perto fazem por merecê-los.
Me reporto aqui aos recursos, até então obscuros, que sustentam a estrutura dos poderes legislativos, judiciário e mesmo no poder executivo.
Quanto ao poder judiciário são inúmeros os absurdos envolvendo os vencimentos dos membros da magistratura e das regalias com que são agraciados, o mesmo ocorrendo com membros do poder executivo como ministros de estado, secretários de governos, membros do ministério público federal ou estadual e procuradores públicos.
Agora em mais um exemplo do desperdício do nosso dinheiro, que a cada ano bate novo recorde de arrecadação, vem à tona os vencimentos de funcionários da Câmara Municipal de São Paulo, onde mais uma vez percebemos o disparate na retribuição daqueles que deveriam servir ao povo e não servir-se do mesmo, tendo como exemplo o fato de um simples manobrista perceber uma salário de R$ 11.000,00.
Ora lembrem-se que no universo de todo o poder legislativo estamos tratando exclusivamente daquela responsável pela edição das leis no âmbito do município paulistano, pois ainda temos as milhares de câmaras municipais espalhadas pelo território nacional, e que embora com recursos bem inferiores ainda causam estragos proporcionais aos municípios aos que pertencem, assim como estragos irreparáveis e inadmissíveis são proporcionados pelas assembleias legislativas dos estados da federação, sem esquecermos de todo absurdo que tomamos conhecimento a cada dia daqueles que “habitam” o legislativo federal (câmara dos deputados e senado federal).
Pois essa é a situação, vivemos num estado que prevalece a conveniência de beneficiar àqueles que interessam aos poderosos pela função que ocupam, em detrimento daqueles que deveriam beneficiar, pela suas atribuições, ao povo, como os funcionários da educação, saúde e segurança pública.
Então a nossa realidade resume-se numa simples equação, àqueles que são eleitos pelo povo só interessam-se em favorecer àqueles que lhe favorecem, e como já sabemos só se lembram do povo em época de eleição, que ainda insistem em votar nesses malandros, fazer o quê?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s