O Voto e o Seu Efeito Borboleta.


“O bater de asas de uma simples borboleta poderia influenciar o curso natural das coisas e, assim, talvez provocar um tufão do outro lado do mundo?”
Para aqueles que defendem a teoria do caos, sim, no caso em questão é conhecido como Efeito Borboleta, onde a ideia é que uma pequena variação nas condições em determinado ponto de um sistema dinâmico pode ter consequências de proporções inimagináveis.
Assim sendo, devemos entender que de certa maneira tal efeito borboleta tem existência constante em nossa vida, sendo o resultado da menor e mais insignificante ação por nós praticada, numa alusão direta da Terceira Lei de Newton, conhecida como princípio da ação e reação, onde para cada ação há sempre uma reação oposta e de igual intensidade, e que embora seja evidente, para a população, em sua maioria, passa totalmente despercebida, mesmo porque encontram-se interessadas em malditas novelas, BBBs, jogos de futebol e distrações das mais efêmeras, relegando à planos inferiores tudo que possa realmente representar um ganho intelectual.
Pois assim é que funciona a nossa vida, toda conduta por nós adotada certamente terá um resultado, e ao se considerar a forma como o povo vem agindo o resultado se apresentara cada vez mais terrível, ou alguém ainda não percebeu que ao cometer uma “pequena” infração de trânsito de forma consciente do erro, só virá a contribuir para um trânsito cada vez mais caótico, ou como aquele imbecil que insiste em obrigar que os outros ouçam a música que está tocando em seu carro ou sua casa, só contribuirá para uma desavença com os seus vizinhos, sendo que dentro das inúmeras hipóteses de ações desrespeitosas que visualizamos todos os dias, nada supera a daquele que numa eleição faz uso indevido do seu direito ao voto, escolhendo dentre os candidatos o menos pior, ou mesmo escolhendo entre PT e PSDB (e só me reporto aos dois, pois entendo que todos os outros partidos são meros apêndices de um ou do outro), acreditando que pela sua opção nada de pior ocorrerá.
Contudo, entendo que dentro do tal efeito borboleta ou da terceira lei de Newton, a nossa ação na hora do voto tem provocado uma reação catastrófica, onde observamos filhos serem mortos, vítimas de bala perdida, em idade precoce diante dos olhos dos pais, ou pais serem arrancados do seio de sua família em virtude de um motorista embriagado, sem contar todos os casos de corrupção envolvendo as nossas dignas autoridades, políticas, judiciárias, policiais, etc…
Parem e pensem, muito do que vem ocorrendo tem como grandes responsáveis nós mesmos, pois se os políticos que deveriam gerir a administração pública de forma a impedir tais acontecimentos não o fazem, são inertes, só estão aonde estão (mas não deveriam estar jamais) porque o povo assim quis, foram eleitos, pelos nossos votos, ou seja, a sua inércia, a sua incompetência, a sua canalhice é o resultado da nossa ação de votar neles.
O nosso voto foi o bater de asas da borboleta que deu origem ao tufão da corrupção e descaso dos políticos que ai estão, e assim devemos nos atentar na hora de votar, pois só nos apercebemos do mal que causamos quando este nos atinge ou atinge a nossa família, mas ai já é tarde.

Um pensamento sobre “O Voto e o Seu Efeito Borboleta.

  1. Por mais iguinorante que inicialmente possa parecer, sinto-me com uma enorme vontade de me "apoliticar". Pois, em todos pleitos (desde 1982) que tenho depositado e confiado o meu voto a estes até a época bons senhores aos olhos da sociedade,só tive decepções e fui assistindo toda essa bandalheira mensaleira em que se transformou nossas camaras e assembléias….estou pensando até em protestar em forma de anulação de voto……..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s