Governo Federal e Governadores Enterram a PEC 300.


Fonte: site do Congresso em Foco

PEC 300, dos policiais, não volta à pauta

Segundo Leandro Mazzini, na Coluna Esplanada, a radicalização da greve dos PMs na Bahia ajudou a tirar o projeto de pauta.
As movimentações de paralisação dos policiais e bombeiros que aconteceram em alguns estados não sensibilizaram o Congresso Nacional para a causa da categoria – a aprovação em segundo turno da PEC 300, que cria piso nacional. Pelo contrário, ajudaram a afundar o projeto na Câmara. Governadores usaram como argumento a insubordinação das categorias no Rio e Bahia, especialmente, e ligaram para líderes dos partidos. Os excessos cometidos e o pretexto de que os orçamentos estaduais não suportam mudanças imediatas ganharam força.

Na gaveta

Embora não divulguem, os líderes e a Mesa Diretora da Câmara já enterraram a PEC 300. Não haverá nenhuma iniciativa que force a votação.
Para os deputados, a solução passa por negociações dos PMs com os governos estaduais. Citam o caso do Rio, que aumentará o soldo gradativamente até 2016.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s