Quero Ser Uma Estrela!


O que será que move as pessoas a tentar, sempre que se apresenta uma situação favorável, se tornar uma estrela? Por que as pessoas desejam tanto aparecer na mídia? Ora, independente da resposta uma coisa é certa, se há o desejo de se tornar uma estrela que se busque os meios adequados, o teatro, o cinema, a televisão, mas escolhendo uma profissão diretamente ligada ao meio artístico.
Digo isso porque a cada dia que se passa aumentam os exemplos de pessoas que fazem uso da sua profissão para literalmente aparecer, profissionais que deveriam vir à público apenas e tão somente em casos excepcionalíssimos, pois não são remunerados para serem “estrelas”, e se desempenham as suas atribuições com alguma competência nada fazem além da sua obrigação.
São Juízes, Promotores de Justiça, Policiais, Bombeiros, Médicos, etc…, que quando praticam as suas funções devem ater-se à elas, uma vez que devem exercer as suas atividades da melhor forma possível, e quando se destacam seja por qual motivo for, devem ter a serenidade de permanecer profissionalmente dentro dos limites do seu cargo.
Mas ao contrário o que vemos, um deslumbre ao menor sinal das luzes das câmeras em ação, uma mudança de comportamento à menor solicitação de entrevista, assumem aí a condição de estrelas, contudo sem vislumbrarem o quão prejudicial é tal transmutação, já que nada tem a ver com a condição assumida perante as câmeras.
Agora como exemplo mais recente vejo uma entrevista concedida pela juíza Milena Dias, que comandou o julgamento de Lindemberg Alves, ao portal G1 da Globo, dando explicações e contando o quanto fora exaustivo o julgamento, porém esquecendo de explicar que é para julgar que existe o cargo de Juiz, e que pelo seu grau presumido de inteligência, já deveria ter ciência antes mesmo de prestar concurso para o magistério, ainda mais que, como todos sabemos, ela é muito bem remunerada para a prática do seu ofício.
Portanto, essa senhora ao se desviar das suas atribuições, mesmo que dentro da legalidade, pratica um ato ofensivo contra o bom senso e quem sabe a ética, pois vir à público numa clara demonstração de exibicionismo atenta contra os princípios morais que devem ser observados no exercício de suas funções.
Agora só me falta a Juíza fazer um ensaio nua para uma revista masculina, uma ponta em novela ou quem sabe Hollywood!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s