Kassab é Preciso Controlar?


“O Ministério Público Estadual deu valor de R$ 1,1 bilhão à ação civil proposta em razão de supostas fraudes no contrato da Prefeitura de São Paulo com a Controlar, empresa responsável pela inspeção veicular na cidade. Para o MPE, a Prefeitura deve devolver R$ 54 milhões arrecadados com as multas e R$ 420 milhões pagos pelos motoristas como taxa de inspeção. O restante serviria para indenizar a Prefeitura e os motoristas por danos morais e materiais.”
Ora, é bem verdade que, muito provavelmente, surgirá algum bom samaritano em pele de Juiz e decidirá pela improcedência da ação, argumentando falta de provas ou qualquer outro subterfúgio para impedir que essa demanda avance, contudo, é interessante observar nas mãos de que tipo de gente deixamos os cofres do poder público.
E digo isso pelo simples motivo de ser óbvio que um contrato desse porte estar eivado de irregularidades, mesmo porque se o interesse fosse o de preservar o meio ambiente pelo controle da poluição dos veículos automotores, o correto é que o próprio município arcasse com os seus custos, cobrando, à título de ressarcimento, apenas daqueles que tivessem os veículo reprovados, sem contar que o que vemos é uma rigidez no controle dos veículo novos ou semi-novos, enquanto aqueles mais antigos, que pela sua própria precariedade por 10, 15, 20 ou mais anos de vida, continuam a circular sem grandes problemas.
Ele, Kassab, ainda alegou “que só ‘ressuscitou’ um contrato assinado nos anos 1990 porque a empresa tinha direito, e a prefeitura queria fazer o serviço. ‘Não sou tonto’, diz, ao explicar que, se fosse possível, teria feito nova licitação.” E ai eu digo, não senhor Kassab, o senhor não é tonto, tonto são aqueles que desperdiçaram o seu voto com alguém tão dissimulado como o senhor, mas fique tranquilo, pois por mais que se saiba o quanto o senhor não vale nada, tanto a justiça quanto o povo o absolverá, a justiça por cumplicidade e interesse, enquanto o povo o fará pela maldita ignorância.
Assim, as coisas em poucos dias devem retornar à sua normalidade, onde os “homens” públicos continuarão a se fartar do erário público em proveito próprio ou de terceiros, pois alguém acredita que a Controlar deixará de nos extorquir em nome da Prefeitura de São Paulo?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s