Arrecadação Em Alta, e o Salário ó…


Nem bem os números do Censo Demográfico de 2010 foram divulgados, comprovando na prática o artifício utilizado pelo governo para maquiar os números da economia brasileira, pois se os números são positivos, isso se dá ao custo de muito sofrimento do nosso povo, que é violentado tanto pelas altas taxas de juros quanto pelos tributos criados pelo governo e que em nada é revertido para o seu bem estar, e me deparo com a notícia de um novo recorde na arrecadação federal.
Pois é nisso que eu insisto, o governo vem há muito tempo “quebrando” sucessivamente o recorde de arrecadação, contudo, retribuindo em praticamente nada aos contribuintes, que antes de qualquer coisa se confunde com o povo, figura principal ao arrecadar, mas relegada a um segundo, terceiro, quarto… plano quando no papel de beneficiado pela aplicação desses mesmos recursos.
Sim, porque quando o governo federal divulga um novo recorde de arrecadação, agora em R$ 88.740.000,00, quase 90 bilhões de reais, em apenas um mês, pois se refere a outubro desse ano, o que vem à mente é que tais recordes tem-se sucedido, o que acaba por ser confirmado pelo fato da receita federal ter informado que este é, pelo menos, o décimo mês consecutivo no qual a arrecadação bate recorde na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Bem como, segundo informação do mesmo órgão, pelo fato do acumulado dos dez primeiros meses deste ano, a arrecadação federal totalizar R$ 794,3 bilhões, representando um valor recorde para os dez primeiros meses de um ano.
E mais uma vez, fica evidente o porquê de números tão ridículos quanto aos valores recebidos pela metade da população não chegar nem perto do valor de um salário mínimo, R$ 375,00, enquanto outros 25% sequer chegam a duzentos reais, R$ 188,00, pois se o governo federal há muito tempo, segundo consta a série histórica teve início em 1995, vem arrecadando cada vez mais, enquanto o seu povo não é diretamente beneficiado pelas grandes arrecadações, o dinheiro deve estar, literalmente, escorrendo pelo ladrão, representados aqui pelos Ministros e “suas” ONGs, pelo Legislativo e suas regalias excessivas e exorbitantes, pelo Judiciário e os seus Magistrados alçados ao “status” de monarcas, pelos malditos eventos esportivos como os Jogos Pan-americanos, a Copa do Mundo e as Olimpíadas, onde os envolvidos se fartam, como “nunca antes na história da República”, como o dinheiro dos nossos impostos, e que juravam não fazê-lo, e assim sendo, por mais que se arrecade, por mais que sacrifiquem o povo, não há dinheiro que sacie a fome desses desgraçados.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s