A Farra Do Esporte No Brasil.


Pelo título do post, muitos podem ser induzidos a acreditar que estarei aqui comentando sobre a participação dos nossos atletas nos Jogos Pan-americanos de Guadalajara, e sinceramente gostaria muito que assim fosse, contudo o assunto aqui é mais denso, e mais uma vez desemboca na maldita corrupção.
Nos últimos dias, como se tem tornado hábito na gestão da Dona Dilma, um de seus Ministros se envolve em casos de desvio de conduta, para não dizer em crimes contra o povo brasileiro, pois quando recursos financeiros são desviados da sua destinação original, o crime é contra o povo não contra a administração pública.
Esse é o caso do empertigado Ministro dos Esportes, Orlando Silva, que agora vê a sua conduta discutida, e finalmente começam a aparecer as falhas de alguém que tem a sua disposição verbas astronômicas destinadas a uma Copa do Mundo, 2014, e umas Olimpíadas, 2016, sem contar a verba que fora utilizada, e muito mal utilizada por sinal, para a realização dos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro em 2007, e que diante de tantos recursos, como é tradição em nosso país, acaba por multiplicar em muito os gastos previstos quando da candidatura para sediar tais eventos.
Ora, diante de tudo o que esse senhor tem à sua disposição, não receio em afirmar que, de tudo que é acusado no momento, isso representa apenas uma ínfima percentagem de toda a farra que fazem com o nosso dinheiro, pois para tais eventos os recursos devem superar o 100 bilhões de reais.
E como não podia ser diferente, a “quadrilha”, ao que parece é muito grande, envolvendo desde políticos até ex-atletas, de órgãos públicos às famigeradas ONGs.
Tenham em mente, que isso ainda está aquém de tudo o que vem ocorrendo, e que ainda virá a ocorrer, já que com a proximidade dos tais eventos, e com o atraso nas obras, muito ainda nos será roubado.
E ai que deveríamos ter uma posição corajosa da nossa Presidente, que diante de tudo o que vem ocorrendo, deveria adotar uma postura firme e unilateral na defesa dos interesses do povo brasileiro, e se caso fosse necessário, até com a desistência em realizar qualquer um dos eventos, se acaso evidenciasse o mau uso dos recursos públicos (como é o caso), implicando os responsáveis administrativa, civil e criminalmente, mas ao invés a Dona Dilma se restringe, como já o fizera nas outras situações em que os seus Ministros foram acusados, a se posicionar pela presunção de inocência do envolvido na esperança de que o tempo lhe favoreça, e caso esse remédio não surta efeito apenas providencia a troca de seis por meia dúzia.
Para àqueles que se contentaram com a escolha do Brasil para sediar uma Copa do Mundo e uma Olimpíada, fica agora a certeza de que mais que um sentimento de vitória terá a convicção de termos dado um tiro em nosso próprio pé.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s