Voo AF 447.


Por incrível que possa parecer, pois estamos falando de uma verdadeira tragédia, não há como sabermos o que mais causa espanto, o acidente em si ou o resultado das investigações.
Como era de se esperar os culpados pela tragédia, mais uma vez, como tantas vezes ocorre nos acidentes aéreos, são os pilotos, e me desculpem por me intrometer num área tão específica com a da aviação, e que de nada entendo, mas me revolta muito o que vejo em casos de acidentes com aviões comerciais, onde é mais fácil culpar pilotos mortos e sem direito a defesa com o seu testemunho, do que as empresas envolvidas, no caso a Air France, a Airbus e as empresas que fornecem as peças e equipamentos para a produção do avião.
Ora, embora nada entenda sobre aviação, após inúmeras reportagens e documentários nacionais e estrangeiros, minha atenção fora chamada para um equipamento em particular, os pitots, que funcionam como sensores de velocidade, e que em vários momentos fora apontado como um equipamento falível a ponto de ter induzido em vários momentos pilotos experientes ao erro, inclusive sendo o protagonista de alguns acidentes aéreos comprovados.
Porque então, sabendo da possibilidade de uma leitura errada das condições de voo por parte dos pitots, pilotos experientes ainda são induzidos ao erro à ponto de provocar acidentes? Eu, respondo, pelo mesmo motivo por qual um avião funciona com um equipamento defeituoso (reversor do motor direito), embora momentaneamente inutilizado, como o caso do acidente com o avião da TAM ocorrido no aeroporto de Congonhas, onde, coincidentemente, os pilotos também foram responsabilizados, as empresas, como bons capitalistas que são, buscam o lucro acima de tudo e de todos, nada mais lhes interessa além do lucro, e sendo assim, não estão dispostos a substituir equipamentos defeituosos por mais risco que implique ao voo, e muito menos sujeitar pilotos a procedimentos que impliquem numa eventual responsabilização da empresa aérea.
Sou totalmente leigo em avião como já disse, mas nada me tira da cabeça de que os pilotos são os menos culpados pelo ocorrido, se é que tiveram alguma responsabilidade, me parece que eles são vítimas como todos os outros tripulantes e passageiros, e muito mais do que vítimas de um acidente, foram vítimas da ganância dos homens, foram vítimas do capitalismo cruel que não se contenta apenas em lucrar, mas que busca o lucro que exorbita a lógica da vida, em que deve-se preservar a vida a qualquer custo.
Aos familiares das vítimas só me resta prestar a minha solidariedade por este acidente que os vitimam diariamente, pois enquanto a verdade não vier à tona, poucos encontrarão a paz para deixar os seus mortos descansarem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s